Buscar
  • Voz Carmesim

Criatura

Somos seres divinos. Essa ficha vai cair grandão nos próximos tempos, e a grande questão é se você está preparada para as implicações dessa condição


Impermanência


Da lama

barro

do barro vida,

e a garganta grita

mostrando que o ar

entra

e sai.

A fórmula é antiga

a gente sabe de cor:

a Terra gira

tudo que vem

um dia vai.


Dica:

Saber lidar com a impermanência faz parte da consolidação da divindade na matéria. A Singularidade se expande e contrai no mesmo instante, mas na densidade isso é visto como se fossem dois eventos distintos. Somos criaturas e criadores, somos terra e água que forma o barro, somos a mão que dá vida às ideias.

A fala que usa a garganta como veículo de manifestação, é também uma forma de criar e como tudo na Vida, tem a sua contraparte boomerang. Ser divino pressupõe lidar com a Liberdade e a Responsabilidade em concomitância.


Lembre-se!

A areia que cobre uma bela praia ou dança com o vento criando dunas um dia já foi montanha: e se cada grão voltar a aproximar o arenito volta a se formar.

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Resposta